Publicidade

André Barcinski

Uma Confraria de Tolos

Perfil André Barcinski é crítico da Folha.

Perfil completo

Oscar: quem vai ganhar (e quem deveria)

Por Andre Barcinski
22/02/13 07:05

Domingo rola o Oscar. Como sempre, a premiação deixa de fora muita gente boa e premia algumas barbaridades. Aqui vão meus palpites nas principais categorias:

 

 

 

 

 

 

 

Filme

Quem vai ganhar: “Argo”

Quem deveria ganhar: “O Mestre”

A Academia conseguiu não indicar “O Mestre”, mesmo com nove indicados na categoria. Será que “O Mestre” é pior que “Os Miseráveis” ou “Indomável Sonhadora”? Acho que ganha “Argo”, um filme mediano, mas bem menos chato que “Lincoln”.

 

Diretor

Quem vai ganhar: Steven Spielberg (“Lincoln”)

Quem deveria ganhar: Paul Thomas Anderson (“O Mestre”) ou William Friedkin (“Killer Joe”)

Uma das maiores barbadas do Oscar. Spielberg leva pelo careta “Lincoln”. Entre os indicados está Michael Haneke (“Amor”), mas o coitado não tem a menor chance. Eu daria u empate entre Anderson e Friedkin.

 

Ator

Quem vai ganhar: Daniel Day-Lewis (“Lincoln”)

Quem deveria ganhar: Joaquin Phoenix (“O Mestre”)

Outra barbada. A Academia não vai resistir à xerox perfeita de Day-Lewis no papel de Lincoln, mesmo que o papel do bêbado, sujo e paranóico de Joaquin Phoenix seja mil vezes mais corajoso.

 

Atriz

Quem vai ganhar: Emmanuelle Riva (“Amor”)

Quem deveria ganhar: Emmanuelle Riva (“Amor”)

Caso raro de prêmio que deve sair para quem merece. Jessica Chastain corre por fora por “A Hora Mais Escura”, mas dificilmente leva.

 

Ator coadjuvante

Quem vai ganhar: Alan Arkin (“Argo”)

Quem deveria ganhar: Phillip Seymour Hoffman (“O Mestre”)

A disputa mais dura do ano. De Niro é o favorito, por “O Lado Bom da Vida”, mas acho que vai dar Alan Arkin. Mas, num mundo justo, nenhum dos dois poderia vencer Seymour Hoffman.
Atriz coadjuvante

Quem vai ganhar: Anne Hathaway (“Os Miseráveis”)

Quem deveria ganhar: Gina Gershon (“Killer Joe”)

Pena que Aracy de Almeida não está mais aqui para detonar a cantoria de Anne Hathaway em “Os Miseráveis”. E pena também que Gina Gershon não foi indicada, pela pilantra “white trash” de “Killer Joe’.

 

Roteiro Original

Quem vai ganhar: Quentin Tarantino (“Django Livre”)

Quem deveria ganhar: Mark Boal (“A Hora Mais Escura”)

Em 2010, Tarantino tinha o melhor roteiro, com “Bastardos Inglórios”, mas Mark Boal venceu por “Guerra ao Terror”. Esse ano os papéis de invertem: Tarantino leva por “Django Livre”, roteiro incomparavelmente pior que o de “Bastardos Inglórios”, enquanto Boal, que fez um roteiro ainda melhor que “Guerra ao Terror”, fica sem prêmio.

 

Roteiro Adaptado

Quem vai ganhar: Tony Kushner (“Lincoln”)

Quem deveria ganhar: ninguém

Outra barbada: junte um dramaturgo renomado, um tema “edificante” e um diretor de renome como Spielberg, e seu roteiro certamente levará o Oscar. E se os concorrentes são só esses (“Argo”, “Indomável Sonhadora”, “As Aventuras de Pi”, “Lincoln” e “O Lado Bom da Vida”, eu não premiaria ninguém.

P.S.: Hoje, sexta, estarei sem acesso a Internet até o fim da tarde. Se o seu comentário demorar a aparecer, não me xingue, aguarde que, no fim da tarde, volto a moderá-los. Obrigado.

  • Comentários
  • Facebook

92 comentários feitos no blog

  1. serge comentou em 01/03/13 at 0:28

    comentário pós-oscar:
    concordo por Joaquim Pheonix, não concordo sobre Django…
    leu esta entrevista?
    http://www.theroot.com/views/tarantino-unchained-part-1-django-trilogy?page=0,1

  2. Hudson Vianna comentou em 25/02/13 at 16:05

    Sério André… vc acha “A Hora mais Escura” melhor que “Hurtlocker”? Realmente não entendi. Explica?

    • Andre Barcinski comentou em 25/02/13 at 16:19

      Acho os dois filmes igualmente bons, mas o roteiro desse novo é, a meu ver, melhor e bem mais difícil de escrever.

  3. Alexandre comentou em 25/02/13 at 14:09

    Corrigindo…Atriz:
    Quem iria ganhar: Emmanuelle Riva (“Amor”)
    Quem deveria ganhar: Emmanuelle Riva (“Amor”)
    Quem de fato ganhou: Jennifer Lawrence (“O Lado Bom da Vida”)
    :)

  4. Breno comentou em 25/02/13 at 12:34

    Iae, Barça. E aquela lista que você divulga falando de filmes bons, mas que não figuraram em nenhuma premiação.

    Lembro que conheci a Jennifer Lawrence assistindo a “Inverno da Alma”, que foi uma indicação sua. Daquele post também vi os ótiimos: “Animal Kingdom” e “Exit Through the Gift Shop”.

    Bem, fico no aguardo de suas precisas/preciosas dicas.

  5. Paolo comentou em 25/02/13 at 8:32

    De 17 categorias, você colocou apenas 8 e acertou 4.
    Nota 2 para o Barcinski.

  6. Fábio comentou em 25/02/13 at 7:04

    Só acertou 3!

  7. Roubocoop comentou em 25/02/13 at 3:10

    Barça, Ok! Você conseguiu acertar o surreal premio do roteiro original (caracas rsr) Mas nem você nem ninguém deste tresloucado planeta poderia adivinhar o lance da Michelle. Os caras são o ó forodobodó, vai!

  8. marcelo b. comentou em 25/02/13 at 2:16

    chutou meio longe…rsrs
    em compensação, consegui um site que tem o killer joe, que tanto vc falou bom…assistirei em breve!

  9. Daniel comentou em 24/02/13 at 11:33

    Barcinski, já comento faz alguns anos que acho P.T.A é o maior cineasta norte americano da atualidade e que já está entrando no hall dos grandes como Lynch, scorsese etc. Existe uma tendência muito chata, e vc sabe bem disso, de apenas celebrar o passado e desconsiderar o atual nas artes. É o caso dele. Se eu comparo com grande cineastas da década de 70 é um sacrilégio, ou muitas vezes as pessoas nem conhecem o trabalho dele, é tido “Ah, o cara que fez Boggie Nights e Magnolia, que chove sapo no final”. Parece que ele não é “cool” ou “clássico” o suficiente para ser adimirado…pelo menos ainda

  10. paulo r. siqueira comentou em 24/02/13 at 10:02

    Assisti Argo ontem e não vi nada de mais, aliás achei a caracterização anos 70/80 dos atores bem estilo Hermes e Renato, quase cômico. Filme bem fraco para tanto barulho. Agora quero assistir O Mestre e a Hora Mais Escura.

  11. João comentou em 23/02/13 at 18:46

    Lincoln pode ser chato, mas é 10 mil vezes melhor que Argo, então como a disputa é só entre os dois, infelizmente, torço pelo filme de Spielberg, que entra como unanimidade pra melhor direção. Torcer por Haneke é utópico, mesmo para Ang Lee também o é.
    Day-Lewis é um monstro, não dá pra dizer que não merece vencer, mesmo com Phoenix assombroso, mas que perde um pouco ao fazer um personagem até parecido com ele próprio.
    Acho que O Lado bom da Vida leva roteiro adaptado, embora realmente esteja difícil escolher um. Pi poderia, mas seu maior trunfo está na direção.
    Anne Hathaway vai levar por 20 minutos de participação (boa, não dá pra negar), enquanto Amy Adams, a coluna dorsal de O Mestre, vai chupar o dedo em sua terceira derrota.

  12. João comentou em 23/02/13 at 18:35

    Já eu acho que você está viajando ao achar que Riva e Arkin levam. Riva não é nem a segunda mais cotada, atrás de Lawrence e Chastain, e Arkin no máximo o segundo, atrás de Waltz. Porém, se Riva vencer, será mais do que justo. Já Arkin não deveria nem ser indicado, assim como seu fraco e hipócrita Argo.

  13. Thiago comentou em 23/02/13 at 12:08

    Já tinha visto uma analise tua dos Le Miserables, mas preferi ver o filme antes de comentar, e lá não dá mais comentar. Vou aproveitar aqui o gancho da Aracy de Almeida.

    Percebi que você é Contra os musicais, contra os tarantinianos, contra tudo que tenha potencial de criar fãs, que muitas vezes são chatos e cegos realmente, mas não tiram o bom trabalho das obras.

    Não acho que são soberanos, existem musicais bons e musicais ruins, para alguém que não gosta de musical o julgamento já começa torto, é como a Ana Botafogo comentar Carnaval e Leci Brandão futebol, terão uma opinião, que deve ser respeitada, mas não será qualificada para julgar algo que não entende.

    Mas para que perder tempo julgando se já tem um Conceito na cabeça né? Não gosta de musical? Não tem base para julgar? Isente-se, seja sincero e fale, não comentarei pois não tenho base para isso. Acho mais sensato e digno do que arrebentar o filme.

    Também não sou fã de musical, mas é inegável a qualidade do Les miserables e da Anne Hathaway. Misturar no mesmo saco é coisa de preguiçoso.

    Existem filmes do tarantino bons e filmes ruins. Esse sinceramente acho bom, divertido, mas disputar Oscar é um exagero.

    Está fácil ser critico, pegue algo que que cause polemica e lote sua pagina de visitas.
    Amado ou odiado, elogiado ou xingado. O importante é somar.

    A dica que eu dou a todos é: assistam tudo e tire as conclusões por conta própria.

  14. Edmar comentou em 23/02/13 at 11:38

    Eu acho que o filme O Lado bom da vida vai ganhar menos um oscar,mas eu não sei em quais as modalidades.
    Os outros filmes de menor importancia se ganharem um oscar será muito,pois eles tiveram pouca de divulgação,pois não tiveram atores e atriz com nomes de peso no filme deles,pois em Hollywood o que importa são atores famosos e não atores ou filmes como algum talento.
    O oscar é como um jogo de cartas marcadas. Se você tiver as cartas certas você ganha o jogo e no oscar se voc~e tiver os atores certos você ganha um oscar.Jennifer Lawrence é um grande favorita para o oscar de melhor atriz.
    Os filmes favoritos para o oscar(na minha opinião)são Lincon,Argo e los miseráveis.
    Enquantos os ostros filmes luratão pelo o que vier sobrar para eles.

  15. Pedro Ivo comentou em 22/02/13 at 22:47

    Acho que “Argo” leva e, na minha opinião, merece, pelo menos entre os indicados (não vi o festejado “O Mestre”, mas tb não sou o maior fã de PT Anderson). “Argo” deve ganhar também de roteiro adaptado e montagem e talvez para Alan Arkin, mas acho difícil.
    “O Lado Bom da Vida” é para mim caso típico de filme-engodo, roteiro ruim, direção ruim, vale pelos atores principais. Jennifer Lawrence deve ganhar de atriz pois tem levado prêmios importantes, e acho que foi a única coisa que valeu a pena nesse filmeco, sendo que as oito indicações é obra do Weinstein. Ganha se houver um rejeição contra “Lincoln” e a Academia não se decidir quanto a “Argo”.
    Mas óbvio que ver Emanuelle Riva ganhar o Oscar seria fantástico, mas acho essa possibilidade remota (premiaram recentemente outra atriz francesa, a Marion Cotillard, sem contar que ano passado deram o Oscar para o francês Dujardin – embora, proporcionaria um momento interessante, pois caso Riva ganhe, levaria o Oscar das mãos de outro francês, seria muito legal).
    Gostei de “Djando Livre”, mas acho que não leva nada, e o prêmio de roteiro original deve mesmo ir para “A Hora Mais Escura”, que ganhou o prêmio do sindicato dos roteiristas nesta categoria. Mas talvez o Christoph Waltz leve de ator coadjuvante, o que eu acharia merecido.
    Também achei “As Aventuras de Pi” muito bonito, tem vários méritos, mas deve ficar só nas categorias técnicas. Ang Lee pode ser uma eventual surpresa.
    E pelo que se mostrou nas últimas semanas, “Lincoln” não tem gozado de muito prestígio, embora Spielberg seja o favorito com a ausência de Ben Affleck para direção. Mas nessa categoria é possível dar zebra. Aliás, esse é um ano propício para zebras, pelo menos em tese.

  16. Paulo R. Siqueira comentou em 22/02/13 at 21:06
  17. Ricardo comentou em 22/02/13 at 19:10

    André, me explica qual é a lógica de um filme ser indicado para melhor filme e não ser indicao para melhor diretor, por favor.

    • Andre Barcinski comentou em 22/02/13 at 19:13

      Não tem.

  18. Marcelo Lima comentou em 22/02/13 at 18:44

    Ator coadjuvante. Deveria ganhar: Samuel L. Jackson po Django Unchained.

  19. Alexandre Bacelar comentou em 22/02/13 at 18:31

    E aí Barcinski. Sempre ótimos seus textos. Quando você diz que “a Academia não vai resistir à xerox perfeita de Day-Lewis no papel de Lincoln”, você foi irônico quanto ao papel dele ou é um elogio ao trabalho, significando o xerox uma atuação perfeita? Abraço.

    • Andre Barcinski comentou em 22/02/13 at 18:46

      É uma xerox, uma imitação perfeita. Me emociono mais com o personagem do Joaquin Phoenix.

  20. Pdr Rms comentou em 22/02/13 at 15:28

    A favorita pra ganhar Melhor Atriz é a Jennifer Lawrence, mas eu concordo com a sua opinião sobre quem deveria levar.

  21. Roubocoop comentou em 22/02/13 at 15:04

    A coisa esta ficando feia, o Oscar parece que virou eleição, no ano seguinte ninguém lembra quem venceu.

  22. renata comentou em 22/02/13 at 14:14

    André, acho dificil a Emmanuele Riva ganhar melhor atriz. A Jennifer Lawrence ganhou todos os prêmios antes, inclusive do sindicato dos atores. Acho que a Jennifer deveria ter ganho por Inverno da Alma, não por esse O lado bom da vida.

  23. Zelia Gouvêa comentou em 22/02/13 at 14:00

    Quem vai ganhar, se o premio for justo serà Emanuelle Riva , soberba, impecavel, brilhante na sua interpretação em Mon Amour, o filme premiado, deveria ser MON AMOUR um filme estupendo, perfeito inovador e entregar a estatueta a Michael Kaneke .

  24. Elton Almeida comentou em 22/02/13 at 13:57

    Na verdade, será uma surpresa se o Spielberg ganhar. “Lincoln”, na verdade, tem muito pouco apoio da Academia. Rola muita admiração, mas pouco entusiasmo e animação. “Lincoln” – além do SAG para Day-Lewis e Jones – não ganhou nada nos prêmios da indústria e teve um “buzz” fraquíssimo no período de votação. Entretanto, junto com a onda Emanuelle Riva, que surgiu nos dias de votação, surgiu outras ondas: Life of Pi e Silver Linings Playbook. Muitos votantes declarando apoio a Ang Lee e David O. Russell. Veremos.
    Da mesma forma, Kushner está pouquíssimo cotado para o roteiro. Ele era o favorito há dois meses atrás. Mas depois de “Argo” vencer o WGA e o US Scripter sobre Kushner, não deixa chances pro filme de Spielberg. Nem o BAFTA quis dar esse prêmio pra ele.

  25. Bia comentou em 22/02/13 at 13:49

    Lincoln e Spielberg levam, barbada. Não que eu tenha gostado do filme, levei 3 dias pra ver porque dormia no meio.

  26. Indianara comentou em 22/02/13 at 13:28

    Com relação ao prêmio de melhor atriz tenho lá as minhas dúvidas. A disputa estará entre Riva, Chastain e Lawrence. Riva é uma candidata forte, mas fora dos padrões da Academia (não é americana, o filme não é em inglês e tem 86 anos de idade). Chastain é uma ótima atriz, mas não foi a sua melhor atuação (foi boa, mas não para um Oscar). Lawrence fez um bom trabalho em O Lado Bom da Vida, já foi indicada anteriormente (e perdeu para Natalie Portman e seu Cisne Negro) e é uma boa atriz, mas o personagem dela tem algo que ficou faltando. Acredito que Jennifer irá abocanhar a estatueta (jovem, americana, já tem blockbuster e é a nova aposta de Hollywood) pois é o modelo que o cinema americano quer. Essa eu acho que será a escolha.

  27. João Gilberto Monteiro comentou em 22/02/13 at 12:54

    André, eu não duvidaria se “O lado bom da vida” fosse o grande vecedor do Oscar (mesmo sem merecê-lo), levando melhor filme, diretor, atriz e ator coadjuvante (dá-lhe De Niro!!!), Lincoln só o Day-Lewis, roteiro adaptado e algum prêmio técnico tipo fotografia ou maquiagem, e Argo vira flop.
    Para vc, quem foi o(s) melhor(es) e o pior(es) ganhadores de melhor filme neste século, iniciado em 2001????

  28. Lucas Henrique comentou em 22/02/13 at 12:39

    Emmanuelle riva merece ganhar. mas estou torcendo por jessica chastain! gosto muito dela. será que a Jennifer Lawrence irá ganhar? dizem as pesquisas que ela tá na frente e também ela ganhos o SAG. se ela ganhar vou achar a maior furada :( já na outra categoria atriz coadjuvante gostaria que a amy Adams recebe-se a estatueta por O mestre.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Folha Shop